Na próxima sexta feira, dia 18 de agosto de 2017, o EP Desperta-nos, da cantora Garla Garcia, estará disponível nas principais plataformas digitais, como por exemplo Deezer, Spotify, Google Play e etc.
Carla Garcia, casada com Cláudio Henrique, mãe de Caio Cesar  e de Claire, ministra da Palavra de Deus com formação no Centro de Treinamento Bíblico Rhema Brasil, cantora  e ministra de música na Faith Igreja na Barra da Tijuca, RJ. É líder do Ministério O haja para os povos. Com uma mensagem clara e objetiva, as canções ministradas por essa cantora ao longo de sua trajetória têm alcançado diversas classes sociais, segmentos religiosos e faixas etárias. São diversos os testemunhos de transformação de vidas vindos de todos os lugares por onde as suas canções já foram entoadas.
 
Finalizando um trabalho composto de cinco musicas com uma roupagem musical contemporânea, passando pelo Rock, Pop, Folk e Worship, este projeto será uma grande tendência no cenário gospel, pois busca excelência tanto na performance musical, quanto na qualidade de suas composições. Atualmente Carla atua como voluntária na União Evangélica da Policia Militar do Rio de Janeiro (UEPMERJ), ministrando de musica e palavra .
 
Quem é Carla Garcia?
Carla é uma mulher apaixonadíssima por Jesus, que ama a Sua Palavra e movida pelo Reino!

Como foi o seu início na área de música?
Comecei na escola ensino fundamental comecei a cantar no coral da escola e me apaixonei cantar no primeiro soprano do coral. Uns 13 anos atrás entrei na igreja comecei a cantar com 4 meninas na igreja. Logo passei a fazer parte do ministério de louvor da Igreja Congregacional de Bento Ribeiro no vocal. Lá, sempre muito dedicada e intensa, a líder Liz Abnar me encorajou a fazer solos em cantatas e cultos ... Depois passei a ministrar e liderar o louvor do ministério de mulheres (Mulheres de Ouro) na época dirigido pela Pastora Fernanda Brum. Ali fiquei durante 6 anos e daí nasceu esse desejo de gravar e lógico compartilhado com ela, que me incentivou e me instruiu em muita coisa!

O que mais marcou você durante a gravação do seu primeiro álbum - Desperta-nos ?
Meus amigos que acreditaram no meu ministério e fizeram parte desse EP, todos que participaram são meus amigos, inclusive os compositores.

Qual o estilo e a sonoridade do disco? E quanto às canções? Como foi o processo de seleção do repertório?
Então ... Eu queria um "estilo" em que todas as idades pudessem curtir, ser cantado em cultos, eventos... Pop rock é o som, embora eu gostar muito de rock rsrs
O repertório como falei antes são de amigos, inclusive a música "Não abro mão", foi criada a partir de uma conversa em uma pizzaria (rsrs) Eu conversava com pr Leandro Cordeiro e sua esposa, pra Síria, e eu falava o quanto queria gerar um EP, um trabalho, mas não sabia como começar, o que iria cantar e que eu precisava ouvir a voz de Deus pra esse projeto. Queria saber os segredos dele para minha vida. E aí nasceu essa canção linda ... Que foi a primeira .

Qual ou quais músicas você destaca neste trabalho?
Bom... A música desperta-nos foi a última a ser incluída e digo que ela me trás a responsabilidade como igreja, a um despertar pro tempo que estamos vivendo. Temos o Espírito Santo que nos capacita em tudo para cumprir O propósito de Deus, mas o que falta pra avançarmos? Avançarmos dentro do que Deus têm pra cada um como igreja. Não digo pra cantar somente, mas pra ser igreja, manifestar Jesus .

Qual (is) canção (ões) o público tem se identificado mais? E porque essa identificação ocorre?
As pessoas falam muito comigo sobre a canção "Não abro mão". Entendo que como eu um dia tinha esse desejo de gravar, sabia o meu chamado, mas ainda não tinha a direção certa pra seguir e nem sabia como fazer... creio que existem muitos passando por isso!

A outra música é a "Por Sua graça", que é uma canção de gratidão e reconhecimento da imerecida graça que hoje podemos usufruir .

Qual a sua opinião em relação ao mercado de distribuição digital e novas formas de consumo de música através do streaming, como por exemplo o Deezer e Spotify?
Eu acho bom, promissor e muito mais fácil de se propagar e também é o melhor caminho contra a pirataria. Creio que o gospel ainda precisa avançar mais, até mesmo porque nem todas as regiões, pelo menos do Rio de Janeiro, ainda não tem acesso... Mas eu creio que vai chegar um momento onde não terá "pra onde correr" rsrs .

E em relação a vídeo clipes? Como você enxerga esta ferramenta dentro do seu ministério?
Eu gosto! Acho ótimo pra divulgação e propagação da canção. Dependendo da produção pode contar a história da composição da música.
Por exemplo, se a composição foi inspirada por um testemunho de cura, acho ótimo poder contar a história desse milagre.

Qual a sua opinião em relação a esta abertura que a mídia secular está dando para os evangélicos?
Acho que poderia ter feito a mais tempo, pois ambas são arte, independente do gênero.

Qual a sua opinião em relação a campanha #TrocoLikesPorStreamns?
Ótima ideia. A mídia digital precisa "cair" no gosto do seguidor, ouvinte etc...
É muito importante criar demanda para que a mesma quantidade de público nas "mídias de fotos" estarem também conectadas nas plataformas digitais de streaming .

De tudo o que foi dito aqui, que outra informação você gostaria que soubessem a seu respeito?
Que esse EP foi gerado pra alcançar e abençoar vidas e também abençoar missionários de tempo integral. O compositor das músicas "Por Sua graça" e "Naquela cruz" é um missionário da JOCUM e com certeza vai ajudar muito em suas missões .